Chega de Jogos

18 ago

“Não vou ligar” “Vou dá um gelo nela” “Vou ignorar pra ele vim correndo atrás de mim” “Vou passar com outra na frente dela”

Hoje vou falar sobre os joguinhos nos relacionamentos, a brincadeira com sentimentos alheios. Há pessoas quase profissionais nesses jogos e tem coleções de corações que já partiu. Alguns dizem que são necessários os jogos para ver se entram numa relação ou para ver se os sentimentos são verdadeiros. Mas como “testar” algo real sendo tão falso.

São comuns revistas ensinando a conquistar um homem; dicas na hora da paquera; como pegar mulher na balada; teste a fidelidade do seu namorado e por ai vai.

Dentro tá igreja tá cheio disso: pessoas brincando com o coração de príncipes e princesas do Senhor.

Você já pensou nisso? Você tá jogando e sendo falso com um filho querido de Deus?

– Mas Lays, todos os homens são iguais, merecem isso.

– Lays, as mulheres têm que correr atrás de mim, se não elas não dão valor!

É bom ter o coração ferido? Lógico que não, então não faça com outros. É bom ficar na dúvida se a pessoa gosta ou não? Então larga de jogo e diga o que realmente sente. É  bom estar em um relacionamento onde a pessoa sempre faz charme pra dizer o que sente?

– Lays, mas se eu falar o que sinto posso ser ignorado.

Mas não terá a dúvida te torturando, o não, todos nós temos.

Menina, se o cara não tem coragem te dizer que “gosta” você, não te liga, larga de jogar pra ver se ele nota a sua presença… Cresça, sai desse mundo infantil.

Rapaz, larga esse medo de dizer o que tá sentindo em relação aquela menina. Se você tem medo de se expressar para ela, imagine como será na frente dos pais dela? Ou ela não vale a pena arriscar-se?

Namorados, parem de draminha, amadureçam essa relação. Exponham seus sentimentos e se não podem fazer isso, me desculpem, mas isso não é um namoro. Namoro é conhecer um ao outro, ter a liberdade pra se abrir, sem ter que ficar se camuflando.

Casados, vocês também?

– Meu marido foi pro futebol invés de irmos almoçar na casa da minha família, deixa ele, não vou fazer o jantar hoje.

– Minha esposa está com as amigas, também vou sair com minhas amigas, ai ela vai ficar com ciúmes.

Por favor, sentem e conversem.

Para quê esses jogos? Por que mentir? Vamos parar de brincar com os sentimentos das pessoas.

– Ele faz tudo que eu quero, é um bobinho mesmo.

Esse bobinho é filho amado de Deus, para de fazê-lo de trouxa, enquanto ele tá tempo com você, perde a oportunidade de está com alguém que vai dar o devido valor.

– Ela deixa a família dela para estar comigo, sabe que eu que tenho a razão.

Essa princesa de Deus que você está enganando podia ter ao lado um cara temente a Deus que a reaproximaria da família dela.

Vamos parar de seguir os conceitos do mundo, se pessoas não tementes a Deus fazem isso por só pensam no seu próprio umbigo, faça diferente, se preocupe em ser verdadeiro, não faça rodeios para falar o que sente ou que também não sente. A verdade é melhor do que qualquer ilusão. Quem joga pode sair perdendo feio.

 

Anúncios

Uma resposta to “Chega de Jogos”

  1. Édney Costa 18/08/2011 às 09:14 #

    O primeiro passo para sermos felizes é pensar em proporcionar felicidade para aqueles que estão conosco. Principalmente os mais próximos como um namorado(a) ou cônjuge. Valeu pela mensagem Lays!!!

Diga o que você achou!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: