Que Calor!

2 set

Bom dia, essa semana aqui em Brasília, tivemos o dias mais quente do ano, com a temperatura de 33,1° por volta das 16h da tarde. Meu computador também entrou nesse ritmo, para abrir um planilha tava demorando 10min… rsrsrs

Estava num ponto que mesmo sentado sem fazer nada eu tava suando #tenso

Em Brasília, um agravante é a seca, pois quando atingimos essa temperatura, na quarta-feira, a umidade do ar estava em 21% e em dias anteriores chegou a 10%.

Nesse ponto a Galera de Manaus – AM que lê o blog deve ta dizendo “Ah, esse povo de Brasília é muito mole, aqui essa semana chegou a 37°”.  A galera de Teresina – PI “ Esse povo de Brasília não sebe o que é calor não!” (Teresina teve média de temperatura Max. de 38° essa semana),  o povo de Palmas – TO deve falar “ se aqui tivesse essa temperatura, eu usava blusa de frio” (esse semana palmas teve uma média de Tem. Max. de 39°).

Em contra partida, o povo de Florianópolis, Curitiba e Porto Alegre tiveram temperaturas mínimas de 3° a 8°, devem pensar “Bah! Como esse piá aguenta esse calor todo?”

Aí você me diz, ah! mas isso é por causa do costume de cada região do país, o sul já é acostumado com o frio; e as outras cidades, anteriormente citadas, acostumadas com o calor.

Então se define se esta fazendo calor excessivo ou não, de acordo com o referencial, então em cada canto do Brasil é um referencial diferente.

E tem acontecido a mesma coisa em questão de ser cristão. Em cada lugar, ser cristão tem significado uma coisa diferente.

Sabe por quê?! Porque estamos tendo referenciais diferentes, com isso temos aparências e conceitos diferentes.

Sempre temos a desculpa, Ah! Eu to certo. Comparado com fulano, eu sou um santo.

Comparado com igreja tal, eu sou mais certo

Comparado com igreja tal, eu não sou tão fanático

Comparado com a outra igreja, eu não sou tão radical

Comparado com os católicos, eu não sou idolatra

Comparado com os mulçumanos, eu não oro tanto.

Chega galera, vamos parar de nos comparar com um ou com outro. Nosso objetivo é ter como foco Cristo, vamos ter como referencial apenas Ele.

Respondeu Jesus: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai, a não ser por mim. (João 14:6)

Vamos parar de usar referenciais que nos tiram do caminho que temos que seguir, e que nos tornam tão diferentes da essência do cristianismo.

toda igreja é inútil se o foco não for Deus

Anúncios

Diga o que você achou!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: