O filho infeliz

5 set

Bom dia, hoje vou falar do irmão mais velho do filho prodigo, que muitas vezes não é lembrado, mas que traz para nós uma grande lição. Ele era um filho infeliz, por diversas razoes. Ele não se perdeu fisicamente, não fugiu, mas seu coração estava perdido dentro de sua própria casa.

*Esses pontos foram tirados de um estudo que tive no Grupo Familiar (Reunião nos lares) e acho que é muito válido compartilhar hoje com vocês.

E o seu filho mais velho estava no campo; e quando veio, e chegou perto de casa, ouviu a música e as danças. E, chamando um dos servos, perguntou-lhe que era aquilo. E ele lhe disse: Veio teu irmão; e teu pai matou o bezerro cevado, porque o recebeu são e salvo. Mas ele se indignou, e não queria entrar. E saindo o pai, instava com ele. Mas, respondendo ele, disse ao pai: Eis que te sirvo há tantos anos, sem nunca transgredir o teu mandamento, e nunca me deste um cabrito para alegrar-me com os meus amigos; Vindo, porém, este teu filho, que desperdiçou os teus bens com as meretrizes, mataste-lhe o bezerro cevado. E ele lhe disse: Filho, tu sempre estás comigo, e todas as minhas coisas são tuas;  Mas era justo alegrarmo-nos e folgarmos, porque este teu irmão estava morto, e reviveu; e tinha-se perdido, e achou-se. (Lucas 15. 25 ao 32)

 

Vemos no texto que o irmão do filho pródigo não ficou satisfeito com sua volta. Ele estava infeliz com essa situação, sentimentos ruins sondavam seu coração, e não conseguia se alegrar com a volta de seu irmão. Vamos entender o porquê da infelicidade desse rapaz.

  • Infeliz, pois valorizava mais o fazer do que o ser. (Vs. 25)

O filho mais velho estava sempre preocupado com os afazeres no campo, sempre trabalhando, e esquecendo-se de sua família, não dava a atenção necessária. Quantas vezes estamos assim, nos preocupamos tanto com o nosso trabalho, nossos estudos e não damos a atenção para aqueles que estão ao nosso lado. Preferimos fazer algo para alguém a SER alguém para essa pessoa, e isso muitas vezes traz infelicidade ao nosso coração.

 

  • Infeliz porque se distanciava da família. (Vs. 28)

Ele se distanciou da família, quando seu irmão voltou, todos se alegraram com sua volta, mas ele preferiu sair da presença deles. Muitas vezes somos assim, ficamos chateados com as bênçãos de nossos irmão, deixamos que as bênçãos deles tirem as nossas.  Por que não ficar feliz com eles?  Isso é porque muitas vezes damos espaço para que o sentimento da inveja entre dentro de nós, e conseqüentemente coloca uma sensação de frustração e nos faz infeliz com isso, e o pior é o distanciamento que se faz entre nosso irmão e nós.

 

  • Infeliz porque não conhecia a verdadeira felicidade. (Vs. 29)

Não tomava posse daquilo que lhe pertencia por direito. Ele nunca teve um diálogo com seu pai, e achava que não tinha direito aquilo que era dele.  Muitas vezes Deus tem muito para nós, mas não tomamos posse disso, achamos que tudo é grande demais. Temos que ter um diálogo sincero com Deus, falar o que necessitamos, para que Ele supra nossas necessidades.  Não conhecemos a verdadeira felicidade porque não conhecemos verdadeiramente o nosso Pai. (E tudo quanto pedirdes em meu nome eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho. João 14:13)

 

  • Infeliz por que tratava seu irmão com indiferença (Vs. 30)

Ele menosprezou seu irmão, quando ele chegou, falou com o pai “Seu filho” e não meu irmão. Menosprezamos nossos irmãos todos os dias, quando vemos uma pessoa necessitada e não ajudamos, quando não damos ouvidos aqueles que precisam ser escutados, quando vemos um morador de rua e não sentimos compaixão. Falta amor, falta que sejamos iguais a Jesus, e isso nos faz infeliz.

 

 Vamos voltar aos braços do Pai, podemos não ter fugido de casa, mas nosso coração está longe, não conhecemos Aquele que está em nossa casa, Ele pode está distante de nós. Não devemos conhecer a Deus só de freqüentar sua casa semanalmente, mas devemos convidá-lo a morar dentro de nós, e só assim deixaremos de ser o irmão mais velho do filho pródigo, deixaremos de ser o filho infeliz para viver eternamente com a felicidade plena em nosso coração ao lado do nosso Pai.

Fiquem com Deus…  =D

 

Anúncios

Diga o que você achou!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: