Eu, minha casa e meu chamado

17 nov

De 11 a 15 de novembro foi realizado o 9º Resgatarte, evento organizado pela Cia Josac. O tema desse ano foi “Eu, minha casa e meu chamado.” Vários cursos, vários convidados, congressistas de vários estados.

Resgatarte para nós começou antes do dia 11 e quando sexta chegou, meu coração se encheu de felicidade por saber que as pessoas seriam tratadas durante esses dias.

Incrível como temos uma visão totalmente distorcida sobre quem somos, sobre família e até mesmo sobre ministério. Não sabemos que somos, colocamos nossa família em segundo plano e tratamos nosso ministério como um “deus” particular.

Somos filhos de Deus, amadas por Ele. O amor Dele por nós é tão grande, mas deixamos que roubem de nós essa certeza. Valorizamos o que fazemos, mas Deus nós ama pelo o que somos: seus filhos.

Cobramos uma mudança de postura de nossos familiares e nunca queremos dar o primeiro passo nessa mudança. Ignoramos nossa família por terem uma visão diferente da nossa ou por simplesmente acharmos que existem coisas mais importantes do que está em casa amando e sendo amado por pessoas que conhecem nossos piores defeitos.

Tratamos nosso ministério como algo essencial e no dia que não podemos mais exercê-lo achamos que perdemos tudo com Deus e começa a murmuração.

Nesses dias pode ver vidas sendo transformadas, pessoas entendendo quem realmente são. Filhos de um Deus que sempre está ao nosso lado. No sábado agradeci tanto a Deus por esse amor e todo o cuidado.

No domingo vi os meus pais na igreja e aquilo foi algo tão surpreendente que fiquei perplexa e lembrei-me das coisas maravilhosas que Deus está fazendo no meu lar. Minha irmã estava lá todos os dias trabalhando e também sendo tratada. Como Deus cuida dos mínimos detalhes.

Fazer parte de um ministério é algo maravilhoso, mas nada se compara como servir e adorar ao dono do ministério. Encaro meu ministério como algo que Deus colocou no meu caminho para poder evangelizar, comunicar com pessoas e é uma benção, mas terá o seu fim. Terá o tempo que não terei mais este ministério, talvez outro ou talvez nenhum, mas a minha vida com Deus, nossa intimidade tem que continuar a crescer.

A cada dia temos que buscar em Deus o que Ele quer que façamos. Temos que sempre dizer “Eis-me aqui”, estarmos disponíveis a Deus para realizarmos a obra Dele, seja adorando com danças, sendo líder da equipe de louvor, lavando louças, recepcionado ou apenas conversando com pessoas e falando do amor Dele. Sempre convictos daquele que nos chamou, nos capacitará, cabe a você querer fazer parte dos planos de Deus, querer ser moldado e ensinado por Ele.

Evangelismo no metro

Anúncios

Uma resposta to “Eu, minha casa e meu chamado”

  1. Kátia Cilene 17/11/2011 às 17:45 #

    Boa tarde Lays.
    Primeiro eu quero dar os parabéns ao Cia Josac.
    Muito bom esse 9º Resgatarte, foi o primeiro de todos que irei.
    Deus falou muito comigo, quando a Eliane falou que o nosso primeiro ministério é o nosso lar.
    Gostei do curso que fiz, das apresentações, dos louvores. Gostei de tudo,
    principalmente da família 1º IBC. Obrigada pelo carinho e atenção.
    Deixo uma mensagem pora vocês:
    ” Deus ama ficar perto de pessoas assim, Ele sente prazer nas suas obras!”
    A paz de Cristo!!!

Diga o que você achou!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: